quinta-feira, 27 de maio de 2010

14.º Alqueidão da Serra

Relato: Cortesia do Sr. Adriano Agostinho

O dia começou cerca das 6H15 ainda o sol dormia.
As 7h00 chego a Rio Maior onde me encontro com o kaska, carregamos as bikes e fizemo-nos à estrada sempre ao som dos Metallica para acordar.
Por volta das 7h50 chegamos a Alqueidão, fomos os primeiros a levantar os dorsais, muito rápido pois não havia filas, e o pessoal do secretariado muito simpático 5*, pouco depois chega o Baldeante para se juntar ao grupo. O amigo tchaina, quando chegou já estavamos a partir para o passeio.
Cerca das 9h10 começou o passeio e lá fomos nós curtir 30 kms de trilhos e paisagens magníficas, de salientar que o Baldeante aventurou-se nos 60 kms e "baldeou" logo nos primeiros 4 kms, mesmo à frente do kaska que por pouco não o atropelava. Escusado será dizer que era um single-track a descer...
Mais a frente encontro o kaska com o pneu em baixo, dei-lhe uma câmara-de-ar, mudamos e toca a andar. Mais à frente caio para cima de um balseiro devido à minha inexperiência com os pedais de encaixe (primeira vez com eles) e a cerca de 3 kms do fim sou brindado com um furo no pneu traseiro (ainda bem que levei duas câmaras-de-ar)... lol.
Resumindo: o passeio foi muito bom, single tracks divinais pelas serras abaixo, o que nos proporcionou um excelente dia de BTT, foi um pouco duro pois para descermos tinhamos que subir primeiro, aqueles 4 kms depois do abastecimento, não nos esquecemos deles tão depressa. Banhos quentes que nem eram precisos com o calor que estava, bom secretariado, trilhos e paisagens espectaculares, e um porco no espeto que estava muito bom.
Os aspectos a melhorar (que não devia haver ao fim de 14 edições), prendem-se principalmente com as marcações, havia zonas onde as fitas estavam muito dispersas o que fez que muitos voltassem para trás pois pensavam que estavam enganados e o reforço não estava onde disseram mas uns 5 kms depois (sempre a subir). A cor vermelha das fitas também não ajudava na visibilidade destas.
Espero não me ter esquecido de nada. Ninguém levou máquina fotográfica por isso acabo por aqui. Fiquem bem e boas pedaladas.

1 comentário:

o salineiro disse...

Ou seja, um passeio Viegas 2...

Jovem Adriano, single-track's são sempre a descer :) penso eu de que.